5 Coisas que Você Precisa Fazer Antes de Fazer Publicidade Paga Online

Home / Sem categoria / 5 Coisas que Você Precisa Fazer Antes de Fazer Publicidade Paga Online

5 Coisas que Você Precisa Fazer Antes de Fazer Publicidade Paga Online

A publicidade paga é uma excelente forma de direcionar mais tráfego ao seu site e, aumentar suas vendas. Entretanto, isso pode ficar caro rapidamente se você não tiver cuidado. Então, como garantir que você irá aproveitar ao máximo seus anúncios pagos?

Outro dia, eu estava conversando com um empresário local da minha comunidade. Ele havia começado recentemente, uma campanha agressiva de Google AdWords, que estava funcionando parcialmente. Ela estava gerando novos leads, porém, voltados para recursos com os quais a empresa não trabalha. A compra dele no AdWords foi muito genérica, e o estava fazendo pagar por leads que não eram úteis.

Como podemos garantir que a nossa publicidade paga funcione como é preciso? Existem várias coisas simples que podemos fazer para obter o máximo de resultados para os nossos investimentos.

Entenda Como Funcionam as Palavras-Chave de Cauda Longa

O que melhor precisamos entender antes de fazer publicidade paga (especialmente publicidade de busca), é de que forma tudo isso funciona – e mais especificamente, como as palavras-chave funcionam. O Ubersuggest é um ótimo recurso para descobrir as palavras-chave no seu negócio.

Ao usar o Ubersuggest, é importante lembrar que você não está necessariamente procurando as palavras-chave com maior tráfego. Você está buscando as palavras que os seus clientes utilizam para procurar a sua empresa.

Dessa forma, é necessário prestar atenção às chamadas “palavra-chave de cauda longa”. Esses termos são mais longos e específicos e, juntos, compõem a maior parte do tráfego de busca.

Aqui está um sistema simples que você pode utilizar:

1º passo: Insira a palavra-chave principal e clique em “Buscar”;

2ºpasso: Clique em “Ideias de Palavras-Chave”, no menu lateral esquerdo;

3º passo: Analise os resultados.

No exemplo acima, o termo “marketing de mídias sociais” é considerado uma palavra-chave principal, o que significa que ele é pesquisado com frequência. O termo “estratégia de marketing de mídias sociais”, muito menos popular, recebe menos buscas, mas exemplifica melhor uma palavra-chave de cauda longa. Você pode ir ainda mais longe e experimentar alguma coisa como “melhor estratégia de marketing de mídias sociais”.

Para ver ainda mais palavras-chave, clique na aba “Relacionados”, ao lado de “Sugestões”.

Para essa palavra-chave específica, fazer isso gera quase 16.000 palavras-chave a mais, a maioria delas de cauda longa. Por exemplo, aqui está o que você vê ao rolar a página de resultados:

Quando encontrar uma palavra-chave de cauda longa do seu interesse, clique nela para ter uma ideia melhor de seus concorrentes – tanto para anúncios pagos, quanto para busca orgânica.

O grande erro que muitos iniciantes do marketing cometem com SEO ou publicidade paga-por-clique, é selecionar as palavras-chave certas. Quando você comprar palavras-chave principais como “marketing de mídias sociais”, vai gastar significativamente mais dinheiro e reduzir radicalmente seu ROI. É fundamental lembrar que, você vai ter muito mais resultado ao segmentar um grande número de termos com menos tráfego, do que ao segmentar um pequeno número de termos com mais tráfego.

Finalmente, a melhor fonte de palavras-chave pode vir do seu site. Considere usar uma ferramenta de pesquisa como a Qualaroo, para descobrir o que seus consumidores estão procurando ou, porque eles decidiram comprar de você (após o checkout, por exemplo). A linguagem que eles utilizam pode gerar textos muito eficazes para anúncios na internet.

Conheça o Território

Existem muitos lugares para comprar anúncios, e cada site tem seus pontos fortes e fracos. Para começar, você precisa entender alguns dos principais tipos de publicidade paga.

internet ads

Anúncios de Display ou Banner –  Lembramos de imediato dos anúncios de banner quando pensamos em publicidade online, pois eles se destacam de forma perceptível na página. Além disso, são bastante comuns e existem em vários tamanhos. Esses anúncios podem ser eficazes, mas tendem a segmentar consumidores que não estão ativamente procurando algo novo.

Por exemplo, uma pessoa pode ler um artigo de jornal e não estar interessada em um novo curso de mídias sociais. Os anúncios de display podem ser bem-sucedidos, mas precisam ser usados corretamente. Eles podem ser comprados através de um modelo pago-por-cliques ou, simplesmente serem exibidos por um certo período.

different type of internet ads

Anúncios de Texto – Anúncios de texto são os que você costuma ver na página principal da busca do Google. Eles geralmente são mais baratos do que anúncios de display, e segmentam consumidores que estão procurando coisas específicas. Esse tipo de anúncio pode ser muito eficaz, mas depende de uma boa pesquisa de palavras-chave e de testes AB (um tema que vamos discutir mais à frente nesse post).

Aqui estão alguns dos lugares nos quais você deve experimentar colocar seus anúncios, apesar de existirem muitos outros:

Google AdWords – O Google AdWords é uma opção óbvia para muitos negócios. Eles oferecem anúncios de display e de texto, em associação a palavras-chave altamente segmentadas. O AdWords é uma ótima opção para qualquer campanha. Dica extra: Quanto mais você usar o AdWords, melhor vai ser o retorno de investimento dos seus anúncios. O Google recompensa os consumidores a longo prazo com “quality scores” melhores.

Bing ou Yahoo – Tanto o Bing quanto o Yahoo, oferecem plataformas de anúncios alternativas que funcionam de forma similar à do Google. Eles combinam anúncios de display e de texto com termos de busca segmentados. Algumas marcas constatam que, apesar dessas opções trazerem menos tráfego, o ROI geral é um pouco melhor.

Facebook ou LinkedIn – A publicidade social ganhou uma popularidade enorme nos últimos anos. Esses anúncios combinam elementos de texto e de display e, são segmentados segundo preferências de usuário, dados demográficos e localização. Dependendo do tipo do seu negócio, tanto o Facebook quanto o LinkedIn são opções válidas a se considerar.

StumbleUpon – A rede social StumbleUpon oferece uma opção de publicidade paga única que é muito barata e garante um “clique” de algum tipo. Vale a pena conhecer, contudo, é importante rastrear suas conversões, que são a principal fraqueza desse modelo.

BuySellAds ou Direct Buy – O BuySellAds.com é um ótimo local para oportunidades adicionais de anúncios no formato display. Eles geralmente permitem que você “alugue” espaço em um site ou blog por um custo fixo. Oportunidades adicionais como essa, podem surgir se você contatar alguns dos seus blogueiros (as) favoritos (as) diretamente.

Não consegue se decidir entre o Facebook ou o Google (duas opções populares)? Então veja esse vídeo para aprender um pouco mais:

No início, é importante experimentar várias dessas opções e, utilizar dados concretos, para então decidir qual a melhor opção para investir seu dinheiro. Muitas vezes, nós simplesmente adivinhamos que sites serão melhores, sem nos esforçarmos muito para descobrir se realmente estamos certos. Dados concretos, não palpites, te mostrarão o que gera o melhor retorno. Boas capacidades de rastreamento tornarão isso possível.

Prepare seu Rastreamento

Se você não puder verificar a performance de cada um dos seus anúncios, não deve comprar publicidade paga de forma alguma. O bonito da publicidade online, é que você tem a oportunidade de rastrear tudo. O Google Analytics é totalmente obrigatório quando se trata de comprar publicidade online. Esse pacote de dados analíticos é gratuito e fácil de instalar.

Após configurá-lo, você deve se familiarizar com as Custom Campaigns do Google Analytics. Essa opção, permite que você crie uma URL personalizada para cada anúncio, o que vai te ajudar a ver o desempenho geral de toda a sua publicidade. Usar o Google Analytics dessa forma, vai te dar um painel único, no qual será possível comparar todas as suas campanhas de publicidade.

Crie uma Landing Page

É importante enviar visitantes a uma página única em seu site (a chamada landing page), ao invés da sua homepage. Isso pode parecer contra-intuitivo, mas existem três razões muito boas para adotar essa estratégia:

  1. Landing pages permitem que você personalize sua mensagem para os visitantes que chegam. Isso significa que você pode continuar a mensagem que começou com seus anúncios, criando assim, uma experiência coesiva.
  2. Essas landing pages personalizadas, permitem que você direcione os visitantes a ações específicas, como baixar um ebook gratuito. (Exibir uma navegação tradicional pode distrair seus visitantes).
  3. As landing pages facilitam muito o rastreamento das suas visitas. Isso é muito importante.

Quando você combina essa estratégia com ferramentas de fácil monitoramento de funis, pode conseguir rapidamente muitas informações sobre como alcançar novos visitantes e vender para eles. Em alguns casos, você pode criar uma única landing page para toda uma campanha de anúncios. Em outros, você pode querer criar uma landing page específica para cada palavra-chave que comprar.

landing page example

Essa landing page nos ajuda a rastrear quem chega até a página e, medir a eficácia dos nossos anúncios.

É importante lembrar de bloquear suas landing pages personalizadas para os motores de busca. Isso pode ser feito através de uma edição simples no seu arquivo “robots.txt” file. Esse é um passo importante que vai deixar seu rastreamento de anúncios mais confiável. Se você permitir que o Google e o Bing enviem visitantes gratuitos à sua página, pode ter uma impressão errada de como ela está funcionando.

Crie um Call to Action – Quando você já tiver um visitante em sua landing page, como vai convertê-lo em um lead ou consumidor? Cada página que você enviar a eles deve ter um call to action claro. Pense cuidadosamente sobre isso, pois essa pode ser a diferença entre uma venda e dinheiro desperdiçado.

Eu gosto de decidir qual é o resultado “nº 1” desejado para cada página antes de conceber uma landing page. Simplesmente se pergunte: “O que eu mais quero que ela faça?” e então, crie a página de acordo com essa ideia.

a good call to action

Um bom call to action vai dizer aos seus visitantes exatamente o que você quer que eles façam.

Tudo em sua página deve empurrar seus visitantes na direção da ação que você quer que eles tomem. Sem considerar isso, você está jogando dinheiro fora.

Use testes AB – Você já lançou sua página, mas ainda não terminou. Pequenas alterações e ajustes podem fazer uma diferença enorme em sua taxa de conversão. Se você seguiu as dicas acima, já deve ter uma landing page e o rastreamento de conversão apropriados para deixar essa tarefa muito mais fácil.

Fazer testes AB é ser científico ao verificar quais métodos funcionam melhor. Quando você realizar testes AB, é importante fazer apenas uma alteração testável de cada vez. Por exemplo, você pode testar a eficácia do título da página ou a localização de um botão, mas não ambos ao mesmo tempo.

Ao testar uma só alteração, você vai poder ver resultados conclusivos sobre o que funciona melhor. Testes AB são um processo contínuo, portanto, não pare. Continue testando e modificando sua página. Você pode se surpreender com o que isso fará à sua taxa de conversão.

Examine os Resultados Regularmente

Faça o que fizer, não consulte seus resultados todos os dias. Essa prática, pode levar a mudanças espontâneas feitas com muita pressa. É melhor esperar para que seu analytics tenha tempo de acumular tendências e dados precisos. Então, determine um período específico para avaliar suas estatísticas e fazer alterações. Isso pode acontecer mensalmente ou semanalmente. Verificar todo mês, é um bom plano para detectar mudanças mais vastas.

Além disso, você deve considerar criar planilhas para monitorar suas estatísticas. É mais fácil detectar tendências e entender o que você está vendo, quando você mergulha em seu analytics para pegar números para a sua planilha.

tracking metrics

Use planilhas simples para rastrear seu tráfego de busca de entrada.

Esteja de prontidão para eliminar palavras-chave com mau desempenho. Lembre-se, as taxas de conversão são a sua estatística mais importante, e não as taxas de cliques. Cliques só desperdiçam dinheiro, a não ser que eles cumpram algum propósito para você. Com toda a publicidade paga, especialmente o AdWords, quanto mais tempo você faz anúncios, melhores serão suas taxas e seu quality score. Isso só será essencialmente verdadeiro, se você utilizar bons testes AB e filtrar constantemente suas compras de anúncios.

Crie um Orçamento e Planeje Para o Longo Prazo

Você fará isso durante algum tempo, portanto, não espere terminar em uma ou duas semanas. Você vai precisar dar tempo a isso e, aperfeiçoar seu plano para obter os melhores resultados. Novamente, tendências e dados cumulativos te darão uma visão mais clara. Dedique seu tempo e seus recursos a um estudo sério. A publicidade online não é uma solução rápida e exige paciência e observação.

Sobre o Autor: Garrett Moon é um dos fundadores da Todaymade, uma empresa de desenvolvimento web e marketing de conteúdo que produz o CoSchedule, um calendário editorial para WordPress que facilita o marketing de conteúdo e as mídias sociais.

Recent Posts

Leave a Comment

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search